sexta-feira, abril 30, 2004

Otelo

Estava para responder ao comentário do Profeta meu último post (que é constituido de uma hiperligação a este post do Mário Seco (que cita João Marcelino). Mas acho que isto merecia mais uma resposta em forma de post e não em forma de comentário.

O Otelo foi julgado? Não me gozem! Ele foi absolvido por falta de provas em alguns crimes, mas na maioria dos casos não foi condenado porque alguns dos crimes prescreveram e porque outros foram sucessivamente amnistiados por Mário Soares, enquanto Presidente da República. Amnistias essas que pareciam feitas à medida do caso (dá que pensar). Há coisas que nunca deviam prescrever nem ser alvo de amnistias e é intolerável que a justiça tenha ficado de mãos atadas por causa de decisões políticas. Há coisas que nunca deviam ser passíveis de amnistia.

E o que me irrita mais é que, por exemplo, este ano o Otelo pavoneou-se pela comunicação social, concedendo entrevistas e fazendo até parte do elenco de entrevistados dos blocos promocionais do 25 de Abril da RTP1.

Mais: nos processos relacionados com FUP FP 25 os únicos condenados foram os arrependidos que colaboraram com a justiça.

Se querem que vos diga, acredito firmemente que o único a ser condenado no processo Casa Pia será o próprio Bibi. Colaborar com a justiça em Portugal é perigoso.

Enquanto a impunidade for tão disseminada em Portugal, as pessoas nunca acreditarão na justiça.

Tenho dito.

segunda-feira, abril 26, 2004

Este site é um espanto! É confuso. Quem não gosta de confusões (como eu, por exemplo) não deve entrar.

Obrigado mano.

26 de Abril

Bom, não resisto. Acho que apesar do título vou falar dele - do dia anterior.

Sexta, ao entrar no Eixo Norte-Sul vejo uma daqueles famosos out-doors. Mas este estava diferente... Alguém, muito preocupado com a nossa esquerdeca (não que eu abomine a esquerda - abomino quem assim se ofende, seja de esquerda ou de direita!), acrescentou um R vermelho. 'Tá lindo.

Gostei do Coutinho, da Papiola e do Homem.

sábado, abril 24, 2004

P.S.P.

Fui, pela primeira vez, ouvir a banda da PSP. De uma qualidade considerável, executou diversas peças, entre as quais a marcha da PSP (com texto e tudo!)

O desgraçado do meu irmão do meio é que foi o alvo de todas as piadas porque vai concorrer à banda da GNR... Já estou a vê-lo:

"A G.N.R. existe pra servir..."

sexta-feira, abril 23, 2004

quinta-feira, abril 22, 2004

Lafur

Ainda não li, mas olha que esse livro já é mítico, ó bandido!

Explícito

Não há dúvidas. Nenhumas!

jojobach: Mas o que é que estou a fazer? Eu não comento futebol! Eu nem gosto de futebol!

Pastoril

Concordo com a menina, apesar de não ser alfacinha. Mas preocupa-me que às vezes as pessoas tenham uma visão romântica do campo, da interioridade, do provincianismo.

Copy+Paste

Típico...

LOL

IC19

Hoje percebi porque é que há tantos acidentes no IC19.

Esta manhã estava a desesperar no afamado trânsito do referido itenerário. Atrás de mim ia uma senhora num Peugeot. Estavamos em pára-arranca mas andávamos relativamente rápido, atingindo muitas vezes os 80 Km/hora. A dita senhora falava ao telemóvel. Quando vejo alguém atender um telemóvel com as mãos enquanto conduz fico com os pêlos eriçados, pelo que espreitava regularmente (de 5 em 5 segundos) pelo retrovisor, não fosse a senhora distrair-se com a conversa e bater-me por trás. E, para meu espanto, a referida concidadã falou, falou, falou, falou, falou... Durante 15 minutos (aproximadamente)!

Espanta-me que, com gente assim (que prefere quebrar as leis, pondo em risco bens e vidas dos seus concidadãos a comprar uma porcaria dum auricular que custa cerca de 10 - no máximo 20 euros - cumprindo assim a lei e, sobretudo, diminuindo os riscos de acidentes) não haja mais acidentes no IC19.

Que ela atendesse e dissesse: "desculpe, mas estou a conduzir" é, do meu ponto de vista, aceitável (se bem que legalmente reprovável), mas 15 minutos! Por favor!

segunda-feira, abril 19, 2004

Perda

É o sentimento que me ocorre pela morte de um amigo (Sábado). Foi hoje a enterrar.

ARTUR SOARES

[Pergunto-me fiz bem em escrever isto...]

Os sinistros baptistas

Sinceramente, nem a Voz nem o Rais têm a razão totalmente do seu lado ao afirmar a tendência política dos baptistas. Esta questão não é de zonas. Os micro-climas são imensos. Eu cresci numa igreja esquerdista, passei as férias-grandes da minha infância e adolescência numa igreja direitista. Conheço um pastor que, na sua juventude, lutou ao lado de Soares militando no seu partido de forma intensa.

A verdade é que, se eu disser que simpatizo com a Nova Democracia, serei tão criticado pela maioria dos baptistas que conheço como se for militante do Bloco de Esquerda.

«Soares foi fixe?»

Respondo ao criminoso. Se é verdade que às vezes fazemos muito alarido com coisas de menor importância, também é verdade que, vivendo em sociedade, temos o dever de demonstrar a nossa indignação quando a nossa dignidade está em causa.

Em todo o caso devemos sempre lembrar que Jesus advertiu que, se o tratavam como tratavam, tanto pior fariam aos Seus seguidores.

Tem razão a Voz quando diz: «Os evangélicos, que passaram um mau bocado durante a ditadura, abraçaram a democracia com tudo o que tinham. Confundiram, no entanto, os seus actores [do 25 de Abril] como seus aliados.»

Mas, se calhar, bem lá no fundo, Soares tem razão (pelo menos naquilo que me diz respeito): sou fundamentalista, sou fanático, defendo os meus princípios como sendo universais e promovo-os junto dos que me rodeiam, quero que todos pensem como eu: quero que todos possam pensar o que quiserem, dizer o que quiserem, mas que todos possam estar prontos a assumir as consequências dos seus actos.

domingo, abril 18, 2004

Instituto do desemprego e deformação profissional

Acho que para o ano que vem vou sentir na pele o que é não ter emprego estável. Acaba-se o curso e, como disse a Janica, acaba-se tudo...

Férias

Ignorei este tema ao longo das últimas duas semanas. Digo-o. não porque esteja a marcar uma posição, mas porque praticamente não as vi ou senti. Digo-o porque o Katchatur me vai matar na quinta-feira. Digo-o porque estou pronto para elas, e não para "voltar" ao trabalho.

segunda-feira, abril 12, 2004

Política Religiosa II

Serve este post para informar, àqueles que se sentiram ofendidos, àqueles que quiseram ver em mim um cretino e a todos os outros, que, de facto, quase ninguém percebeu o meu post com o título em epígrafe. Espanta-me que tanta gente tenha levado a sério um post que é nada mais que uma piada. Uma tal interpretação literal dos textos é, no mínimo, má exegese. Entristece-me o facto de que, alguns que até me conhecem bem, me tenham tomado por capaz de fazer tal interpretação.

De qualquer dos modos, acho que, quando a minha auto-estima estiver em baixo vou olhar para a reflexão do meu irmão e postar algo assim: polémico. Se um blog dá auto-estima, então audiências em flecha no blog devem fazer-me engordar aí uns... (deixa-me ver)... 31 Kg.

Pensando melhor, talvez seja melhor não...

sábado, abril 10, 2004

Amor

Amo o Bill Gates!

"Amai a vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam..." (Lucas 6:27)

É a única forma que eu tenho de me consolar pelas últimas 30 horas.

sexta-feira, abril 09, 2004

Aniversário

Por pouco deixava passar a efeméride (no blog, claro). A minha mãe faz hoje meio século de existência. (E pensar que eu já tenho um quarto dele...)

P A R A B É N S !

quinta-feira, abril 01, 2004

Dureza

Isto por aqui anda tão complicado que nem tempo tenho para postar nada de jeito. O programa segue dentro de momentos...

Responderei então aos comentários ao meu post mais polémico de sempre, este aqui, e que me valeu também o maior boom de visitas de sempre (entenda-se boom no âmbito da realidade deste blog de pequena tiragem).